Bem vindo
Notice: Undefined index: usuarioNome in /home/omunici/public_html/view/topo.php on line 39

Sair


Esqueci minha senha






Polícia :: 2017-03-17 -09:10:00

Confronto em Aguaí começou por acaso; polícia busca bandidos na zona rural


Uma quadrilha fortemente armada furtou caixas eletrônicos na cidade de Aguaí, na madrugada desta sexta-feira (17), nos Bancos do Brasil e Caixa Federal.

Segundo informações, os criminosos, especialistas neste tipo de crime, planejaram tudo e vinham, inclusive, sendo monitorados pelo GER (Grupo Especial de Reação), da Polícia Civil.

Para se ter uma ideia, antes de inicar o assalto, por volta das 5 da manhã, a quadrilha despejou espécies de pregos no asfalto nas proximidades do pedágio de Aguaí, o que furou os pneus de vários veículos comuns e até de viatura da PM.

O começo

Segundo apurou O MUNICIPIO, a troca de tiros entre Polícia Militar e bandidos, na madrugada desta sexta (17), começou por acaso.

Uma viatura da PM se deslocava para atender uma ocorrência de furto no Ceasinha da cidade quando, ao passar por um viaduto que cruza a linha férrea, foi alvejada por um bandido que estava a uma distância de cinco metros.  

Um dos tiros acertou o braço de um policial. No momento, o trem passou pelo local e mesmo assim o bandido continuou atirando por baixo dos vagões. Segundo informações, este criminoso dava cobertura para a quadrilha e estava estrategicamente localizado naquele ponto para evitar que a PM chegasse nas proximidades dos bancos.

Com isso, os bandidos conseguiram fazer o furto e fugiram em um Corolla placa de São Paulo.

GER

O que ninguém em Aguaí sabia é que esta quadrilha estava sendo monitorada pelo GER (Grupo Especial de Reação), da Polícia Civil.

De acordo com informações que chegaram ao O MUNICIPIO, cerca de 50 homens do GER estavam em Aguaí e participam da caçada aos bandidos.

Após o furto, eles se dirigiram a uma propriedade rural entre Aguaí e Casa Branca, próxima a um canavial, onde seria uma espécie de base dos bandidos. No local mataram um possível criminoso e apreenderam veículos e armas.

Bombas

Uma bolsa foi encontrada pelo gerente do Banco do Brasil no interior da agência e suspeita-se que o interior pode conter bombas ou dinamites.

A Polícia Especializada nesta área está sendo chamada para analisar o material e evitar riscos aos bancários.

 

Polcia