Bem vindo
Notice: Undefined index: usuarioNome in /home/omunici/public_html/view/topo.php on line 39

Sair


Esqueci minha senha






Cultura :: 2016-08-14 -18:43:00

Escola Municipal de Música oferece cursos gratuitos em São João da Boa Vista

Para participar, os interessados devem se inscrever no Departamento de Cultura e aguardar pelas vagas disponíveis

Por Assessoria


A Escola Municipal de Iniciação Musical Geraldo Filme, mantida pela Prefeitura de São João da Boa Vista, oferece, atualmente, oportunidades de aprendizado para cerca de 270 alunos distribuídos em diversos cursos gratuitos. As aulas para crianças, jovens e adultos são ministradas por professores qualificados nos cursos de piano, teclado, percussão, violão, violino, violoncelo, contrabaixo acústico e canto coral.   

Breno Eduardo, 12, é um dos alunos que se dedicam às aulas de piano toda sexta-feira, durante meia hora. Supervisionado pelo professor Gustavo Mérida, o garoto pretende ser músico e dono de uma banda, junto com o irmão Mateus, que também estuda bateria na escola de música. Influenciado pelo avô paterno e tios, Breno já teve a oportunidade de se apresentar por duas vezes no Theatro Municipal, desde que iniciou os estudos.  "Agora, estou aprendendo a partitura de ‘Não deixe o samba morrer’. A música está no meu sangue. Frequento a escola porque é interessante e legal fazer música”, afirma.

COMO PARTICIPAR

Os cursos são ministrados de segunda a sexta-feira, uma vez por semana, no Centro Livre de Arte e Cultura (CLAC), localizado na Praça Coronel Joaquim Cândido, 40 – Centro de São João da Boa Vista. 

Segundo o Departamento de Cultura, as atividades têm sido realizadas no CLAC porque a Estação Ferroviária, onde eram realizadas as aulas, passará por reformas. Desta forma, o Centro Livre é contratado pela administração municipal para oferecer a estrutura física e os professores. Para ter acesso ao conteúdo, os interessados devem se inscrever e aguardar a disponibilidade de vagas. O ingresso à escola de música pode ser feito a partir dos 7 anos de idade.  

São quatro módulos semestrais em que os alunos passam por uma avaliação periódica de aproveitamento, o que lhe permite seguir para outro módulo. Após o término, é oferecido o certificado de conclusão de iniciação musical. Conforme prevê o regulamento, caso haja três faltas, sem justificativas, o próximo da lista de espera é chamado para frequentar as aulas. "As fichas em espera são enviadas aos professores, para que eles entrem em contato direto com os novos alunos após o surgimento das vagas”, destaca o diretor municipal de Cultura, Beto Simões. 

PROFESSORES QUALIFICADOS

Os professores César Honório e Douglas Cunha, são responsáveis pelas aulas de violino, violoncelo e contrabaixo acústico. Já as disciplinas de piano e teclado ficam a cargo dos professores Christiane Caslini, Gustavo Mérida e Felipe Dias. A coordenação rítmica do curso de percussão é do professor Henrique Mérida, e as aulas de violão, clássica e popular, são coordenadas pelo músico Micael Chaves. Oferecidas no Largo da Estação, as atividades de canto coral têm o maestro Estevão Ferreira e a musicista Sara Ramos como responsáveis. Frequentemente, os corais participam de encontros para representar a cidade.

Outro projeto de destaque é o “Cidadania e Integração”, criado pelo maestro da Orquestra Jazz Sinfônica, Agenor Ribeiro Neto, que atende a cerca de 100 alunos nos cursos de violino, viola erudita, contrabaixo, violoncelo e teoria musical. A administração municipal ainda elaborou o “Primeiro Movimento”, uma parceria com a Associação Amigos do Theatro (AMITE), para aulas de violino, contrabaixo e violoncelo, podendo os alunos, posteriormente, ingressar na Camerata de Cordas.

OPORTUNIDADES

 Alguns talentos que passaram pela iniciação musical, entre eles a estudante Luly Benassi, atualmente cursa piano na USP, e Rafael Tavares, aluno de violoncelo do projeto Primeiro Movimento, foi aprovado no conservatório de Tatuí - um dos mais respeitados do país.

O diretor de Cultura ressalta que, durante a programação natalina da cidade, os alunos de música são convidados para apresentações no palco do Theatro Municipal. Outro detalhe importante é que vários alunos já puderam se exibir em eventos como Virada Cultural Paulista, Semana Guiomar Novaes, entre demais apresentações organizadas pela Prefeitura. “É de extrema importância, visto que existe uma grande procura pelos cursos oferecidos, como também pelo incentivo da arte da música aos que desejam mostrar ou desenvolver o talento”, conclui.   

O PATRONO GERALDO FILME

A escola recebe o nome de um dos mais respeitados compositores do samba. Autor de sambas-enredo para as escolas de samba Vai-Vai e Unidos do Peruche, Geraldo Filme nasceu na capital paulista, em 1928, mas foi registrado e viveu parte da infância em São João. Morreu em São Paulo, no 5 de janeiro de 1995, aos 66 anos. 

Cultura