Bem vindo
Notice: Undefined index: usuarioNome in /home/omunici/public_html/view/topo.php on line 39

Sair


Esqueci minha senha






Região :: 2016-07-20 -15:36:00

Águas da Prata tem três pré-candidatos a prefeito

Da Redação


Gaia, Luti e Carlos Henrique

 

A vizinha estância hidromineral de Águas da Prata deve ter pelo menos três candidatos a prefeito nas eleições municipais de 2 de outubro deste ano.

O MUNICIPIO entrou em contato com quatro nomes que, nos bastidores, são tidos como possíveis candidatos ao cargo de Executivo da cidade. Porém, somente três deles confirmaram.

Luti Dezena, Luiz Alberto Teixeira Ferreira (Gaia) e Carlos Henrique Fortes Dezena se apresentam como pré-candidatos e todos eles focam na questão do turismo.

Luti Dezena confirmou ser pré-candidato pelo PSDB, representando a situação. Luti fala em focar o turismo. “Não tem outra coisa. Está faltando procurar parcerias com empresas para rede hoteleira e gastronomia e reabrir o Balneário”, explica.

Luti ainda fala em implantar o tratamento alternativo através das águas, chamado de Crenoterapia, além de criar roteiros turísticos para oferecer pacotes em agências de viagens.

Já Luiz Alberto Teixeira Ferreira, o Gaia, diz que é pré-candidato a prefeito pelo PV (Partido Verde) e ele fala que quer retomar a governabilidade na Prata. “Hoje a cidade não tem dinheiro nem para comprar lâmpadas e pagar os funcionários. Estou muito preocupado”, fala.

Gaia também diz que quer resgatar a vocação de Águas da Prata, que é o turismo. “Quero trazer dinheiro para a Prata, gerar emprego e renda. Acho que minha experiência na Câmara como presidente e meus contatos com secretários, deputados e ministros podem ajudar nossa cidade”, explica.

Carlos Henrique Dezena também é pré-candidato a prefeito na estância e pertence ao Democratas. Para ele, a Prata merece mais oportunidades e uma visão voltada ao turismo. “Precisa de uma visão moderna. A Prata parou no tempo desde a década de 70. Hoje ela não está pronta para o turismo”, revela.

Carlos Henrique conta que todo o dinheiro que era para o turismo foi investido em asfalto nos últimos anos. “O pouco de empresa que tinha foi embora e não ajudam o comércio”.

O MUNICIPIO ainda conversou com Fátima Regina Chiarella, mais conhecida como Fafi, nome apontado nos bastidores como possível pré-candidata a prefeita. Mas, Fafi afirmou que ainda não há nada de concreto sobre isso e que ela, juntamente com o seu partido (PSB), estão analisando a viabilidade de uma possível candidatura.

 

Regio