Bem vindo
Notice: Undefined index: usuarioNome in /home/omunici/public_html/view/topo.php on line 39

Sair


Esqueci minha senha






Região :: 2016-07-04 -19:10:00

5ª vítima do acidente na Rodovia SP-346 é enterrada em Andradas

Tathiane Ramos Alves, 38 anos, era professora e residia no município mineiro. Ela estava internada na Santa Casa de Mogi Guaçu

Da Redação


Tathiane Ramos Alves era professora em Andradas. (Foto: Redes Sociais)

Neste domingo (3) faleceu a 5ª vítima do grave acidente na Rodovia SP-346, em Santo Antônio do Jardim (SP), que ocorreu no dia 28 de maio. Tathiane Ramos Alves, 38 anos, era professora e residia em Andradas (MG).

Ela estava internada na Santa Casa de Mogi Guaçu (SP), mas não resistiu aos ferimentos e faleceu durante este final de semana. O corpo da professora foi enterrado no Cemitério Municipal de Andradas na tarde desta segunda-feira (4).

RELEMBRE O CASO

No dia 28 de maio um grave acidente deixou quatro mortos e seis feridos na Rodovia SP-346, em Santo Antônio do Jardim (SP). Segundo a Polícia Rodoviária, os jovens, Kevertton Lucas Gerizani Batista, Ricardo Santos, Mateus Augusto de Carvalho e Marcelo Cortes Moreira da Silva, estavam em um Voyage e seguiam para Andradas (MG) quando, durante o trajeto, o motorista do veículo que o grupo estava tentou realizar uma ultrapassagem e acabou colidindo de frente com um Gol.

Em seguida, com a força do impacto, o Voyage rodopiou na pista e acabou sendo atingindo por uma Meriva. Os quatro morreram na hora.

Dos seis feridos, três estavam no Gol e os outros três na Meriva. Eles foram socorridos pelo Corpo de Bombeiros e pelo Serviço de Atendimento Móvel e Urgência (Samu).

Kevertton Lucas Gerizani Batista e  Ricardo Santos residiam em Andradas. Já os outros dois, Mateus Augusto de Carvalho e Marcelo Cortes Moreira da Silva, moravam em Espírito Santo do Pinhal (SP).

Os corpos foram levados para as respectivas cidades de cada um, onde foram velados e enterrados.

Vejas algumas fotos do acidente que agora totaliza 5 mortes:

Kevertton, Ricardo, Mateus e Marcelo morrerram na hora

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Regio