Bem vindo
Notice: Undefined index: usuarioNome in /home/omunici/public_html/view/topo.php on line 39

Sair


Esqueci minha senha






Cultura :: 2016-06-09 -19:17:00

Semana Guiomar Novaes traz Luiza Lian ao Theatro

Cantora conta como começou sua trajetória musical e tenta analisar a realidade do músico independente no Brasil

Por Daniela Prado


A cantora, compositora e artista visual Luiza Lian, integrante da nova geração de artistas da cena independente paulistana, fará um show no Theatro Municipal, no próximo dia 20, segunda feira, durante a 39ª Semana Guiomar Novaes.

No seu modo característico de cantar, Luiza se aproxima da música negra americana, com referências que vão do jazz de Billie Holiday ao soul e ao hip-hop de Lauryn Hill.

Em meio à sua atribulada agenda, a cantora encontrou um tempinho para falar ao O MUNICIPIO sobre como começou sua careira e fazer uma análise do atual cenário nacional para um músico independente.

O COMEÇO

Luiza revela que sempre gostou de cantar e atribui esse interesse pela música quando, criança, morando com os pais no sul da Bahia, observava o pai escrever canções e sua mãe cantar com uma banda local. “E também foi daí que vieram algumas canções presentes no meu disco e no meu repertório; mais de vinte anos depois, resgatei na minha memória essas músicas da minha infância”, diz a cantora.

Questionada sobre o estilo predominante em seu Show, na Semana Guiomar Novaes, Luiza considera que, por ter influências diversas, fica difícil destacar um estilo.  “Todos acabam por se misturar nesse caldeirão do meu disco - uma pitada de jazz, uma pitada de rock’n roll dos anos 60 e 70 e outras coisas, dentro de uma base muito forte que vem da MPB”, resume ela.

SER ARTISTA ALTERNATIVO

Fazer cultura no Brasil, é algo bastante delicado e é difícil conquistar seu espaço, sem desistir.

Luiza afirma que ainda está tentando descobrir quais os ingredientes necessários para que um artista independente seja bem sucedido.“Acredito que é um caminho pra ser desbravado e o que eu percebo é que artistas, produtores e jornalistas estão se unindo para buscar novas formas de atuar no cenário musical do Brasil”, pontua a cantora.

Na visão de Luiza, essa união é fundamental para a criação de novas estruturas, de mercado e de veiculação, pois há muita coisa boa acontecendo musicalmente no Brasil, principalmente no cenário independente.

“Mas esses artistas demoram mais para chegar às pessoas, exatamente porque são trabalhos que ficam à margem das grandes mídias e da grande indústria musical”, pondera ela.

Contudo, a reação do público ao trabalho de Luza tem sido muito positiva, pelo que ela pode observar.

“Tenho tido boas surpresas e um público muito eclético acaba se interessando pelo show; é sempre uma surpresa muito boa chegar em um lugar e as pessoas conhecerem suas músicas”, finaliza a cantora.

 

Cultura