Bem vindo
Notice: Undefined index: usuarioNome in /home/omunici/public_html/view/topo.php on line 39

Sair


Esqueci minha senha






Educação :: 2016-06-01 -15:32:00

Rotary Club é uma opção segura para quem deseja fazer intercâmbio

Oficial de intercâmbios da entidade em São João da Boa Vista esclarece quais as modalidades e pre requisitos para participar

Por Daniela Prado


Marco Uliana e as intercambistas Priyanka (Índia) e Beatriz (México). (Foto: Divulgação)

Na edição de 1º de junho, O MUNICIPIO trouxe uma matéria sobre duas jovens que estão residindo em São João por meio de um programa de intercâmbio do Rotary Club.

Marco Antonio Uliana, Oficial de Intercâmbio de Jovens do Rotary Club São João da Boa Vista, explica que o Programa funciona com o princípio da contrapartida, em que uma família envia um jovem ao exterior e, posteriormente, acolhe algum estrangeiro em sua casa.

“É como uma troca. O Rotary tem pessoas em vários países que trabalham na organização dessas vagas e cada clube pode oferecer um número de vagas de acordo com sua possibilidade”, diz Marco.

O oficial de intercâmbios exemplifica que o Rotary Club de são João irá oferecer 5 vagas no ciclo 2016/2017. “Logo, teremos 5 jovens sanjoanenses embarcando, em agosto, para a África do Sul, Estados Unidos e México e recebendo outros 5 jovens para ficar nessas famílias”, esclarece Marco, anunciando que uma dinamarquesa e uma norte americana já estão com tudo certo para vir para São João, faltando apenas definir quais as outras três nacionalidades.

PARA PARTICIPAR

Marco esclarece que, para participar do Programa de Intercâmbio do Rotary, não é condição necessária ser rotariano, afinal, a maioria dos intercambistas não é.

“A condição é poder receber um jovem estrangeiro em sua casa, tratando-o como filho”, aponta o oficial de intercâmbios.

MODALIDADES

O Programa de Intercâmbio do Rotary, como Marco salienta, tem algumas modalidades, sendo que a mais conhecida é a de longa duração, a qual possibilita que o jovem permaneça por até um ano em outro país. “Dessa modalidade podem participar jovens de ambos os sexos, que estejam cursando o Ensino Médio e tenham de 15 a 17 anos”, frisa o oficial de intercâmbios.

Para quem está fora dessa faixa etária, Marco lembra que há a modalidade Novas Gerações, que contempla os jovens de 18 a 25 anos que queiram viver a experiência de morar em outro país e trocar experiências na sua formação profissional. “Outra modalidade é a de curta duração, que geralmente acontece em períodos de férias e dura de 6 a 8 semanas”, completa Marco.

ROSA DOS VENTOS

Sobre a escolha de países, Marco ressalta que o Rotary disponibiliza várias oportunidades de vagas, como, por exemplo, 10 vagas para os Estados Unidos 15 para o México, 1 para a Austrália, entre outros.

Para escolher o país de destino, o candidato ao intercâmbio participa de uma prova classificatória de nível nacional, na qual quem tiver a melhor colocação, poderá escolher primeiro para qual país pretende seguir.

“Costumamos orientar e dizer aos jovens que nos procuram para participar do Programa de Intercâmbio que não tenham em mente apenas um país; a oportunidade de conhecer uma cultura diferente da sua, como a Indonésia, por exemplo, é sempre muito rica e pode acontecer em um lugar que você nunca pensou em visitar”, finaliza Marco.

Em breve, o Rotary Club São João da Boa Vista divulgará o início das inscrições para o próximo ciclo.

Educao