Bem vindo
Notice: Undefined index: usuarioNome in /home/omunici/public_html/view/topo.php on line 39

Sair


Esqueci minha senha






Política :: 2016-05-24 -15:13:00

Escolha de novo vice-presidente da Câmara fica para semana que vem

Base aliada ao Executivo queria que a votação fosse feita nesta sessão, já que Leonildes Chaves pode conseguir o Efeito Suspensivo nesta semana

Da Redação


Ademir Boaventura preside sessão. (Foto: Assessoria Câmara)

 

A votação que definiria quem seria o novo vice-presidente da Câmara Municipal de São João da Boa Vista (SP) ficou para a sessão da semana que vem, dia 30. O vereador Ademir Boaventura, atual presidente da casa, seguindo regimento interno do Legislativo, não quis colocar em votação nesta segunda (23), para saber quem assumiria o cargo deixado por Leonildes Chaves, sem mandato desde o último dia 16.

A decisão de Ademir não agradou a base aliada ao prefeito Wanderlei Borges de Carvalho (PMDB), já que, nesta quarta-feira (25), pode ser que ocorra a votação do recurso protocolado por Chaves no Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP).

Caso o ex-vereador consiga o Efeito Suspensivo, além de reassumir o mandato, também volta ao posto de vice-presidente da casa.

ELENICE

Na última segunda-feira (23), foi noticiado pelo site do O MUNICIPIO que Elenice Vidolin (Solidariedade) não era pré-candidata ao Executivo no pleito de 2016.

Na ocasião, o presidente do diretório municipal do partido, Osires Colosso Filho, declarou que o novo candidato é alguém com a ideologia e a essência do partido. Além de ser ético com os princípios políticos que o Solidariedade defende.

Durante a sessão desta segunda, Elenice não quis fazer nenhuma declararão sobre a decisão do partido. Disse apenas que era uma posição do partido.

DOIS PROJETOS

A sessão desta segunda aprovou, em discussão única, o Projeto de Decreto Legislativo 010/2016, de autoria do vereador Bira (PR), que concede a Medalha de Mérito Cívico 24 de Junho a Paulo César de Souza (Paulinho Sguassábia).

Já o Projeto de Lei do Legislativo 094/2015, que tem o intuito de proteger o meio ambiente, por meio do controle da destinação de recipientes de vidro, plástico e alumínio, de autoria do presidente da Casa, vereador Ademir Boaventura (PSDB), não chegou a ser votado.

O vereador Reberson Menezes (PV), que preside a Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, pediu vista por uma semana para analisar mais a fundo o projeto.

Poltica