Bem vindo
Notice: Undefined index: usuarioNome in /home/omunici/public_html/view/topo.php on line 39

Sair


Esqueci minha senha






Saúde :: 2015-12-23 -15:49:00

Personal Diet pode orientar a dieta ideal para cada perfil

Para facilitar a adesão ao plano de reeducação alimentar, este nutricionista atua de modo individualizado

Por Daniela Prado


Que toda ceia natalina é repleta de alimentos calóricos – carnes gordas, rabanadas, frutas secas, panetone, entre outros — é verdade.

Quem faz dieta, durante o período das festas, vive um impasse, pois não pode devorar tudo o que está sobre a mesa e, por outro lado, nem sempre tem como fugir das tradições.

Para saber como um profisional diet pode agir nisso, a reportagem do O MUNICIPIO contatou Ana Lígia Nassar, nutricionista que atende em São João, à Clínica Lúmen, e é especialista em nutrição no sistema digestório.

PERSONAL DIET

Ana Lígia esclarece que personal diet é o profissional nutricionista que vai até o seu cliente, atendê-lo de forma individualizada e personalizada, elaborando estratégias de reeducação alimentar adaptada aos diferentes estilos de vida.

“Consiste no acompanhamento nutricional domiciliar ou em consultório, com elaboração de um cardápio diário, conforme as preferências do cliente, adaptação de receitas, listas de compras e treinamento de funcionários, com o objetivo de facilitar a adesão ao plano de reeducação alimentar”, justifica.

PÚBLICO ALVO

A nutricionista acrescenta que, por se tratar de uma estratégia de reeducação alimentar, qualquer pessoa pode adotar esta modalidade de tratamento. “Pela praticidade, o personal diet se apresenta como uma alternativa para as pessoas que preferem cardápios definidos diariamente, que tragam a ciência da nutrição para o dia-a-dia”, ressalta Ana Lígia.

Ela enfatiza também que a elaboração de estratégias individuais facilita o alcance dos objetivos do cliente e promove maior adesão.

DURANTE AS FESTAS

Ana Lígia pondera que é um grande erro considerar que as festas de final de ano duram todo o mês de dezembro. “Manter a rotina de alimentação saudável e atividade física nos dias que antecedem ou sucedem as festividades é fundamental para minimizar o efeito da alimentação mais calórica que, invariavelmente, consumimos neste período”, alerta a nutricionista.

Nesse sentido, um programa de personal diet é muito útil para reorganizar a rotina alimentar.

Para “se policiar” e não cometer excessos, Ana Lígia argumenta que é importante manter uma alimentação fracionada a cada 3 horas, inclusive nos dias de festa e evitar “beliscar” alimentos o dia todo. “Além disso, fazer uma pequena refeição composta de fontes de proteína (iogurte, queijos e leites magros), fibras (aveia, farelo de trigo, chia) e frutas, cerca de 2 horas antes da ceia, pode auxiliar na saciedade e evitar abusos”, sugere Ana Lígia.

A nutricionista recomenda, ainda, que observar atentamente a mesa antes de montar o prato é importante para selecionar os preferidos e evitar os menos apreciados. “Para as sobremesas, prefira as frutas da época e, no caso dos doces, consumi-los em pequena quantidade, escolhendo os que mais gosta e evitando ‘comer de tudo um pouquinho’ é outra dica”, acrescenta.

Segundo Ana Lígia, as oleaginosas e frutas secas são boas opções para os lanches intermediários, porém as quantidades devem ser moderadas, em virtude da alta densidade calórica desses alimentos.

A hidratação adequada entre as refeições é fundamental nesse período, devendo corresponder a 35ml por quilo de peso corporal. “Água, água de coco e chás sem adição de açúcar são boas opções de hidratação e o consumo de alimentos adstringentes, como abacaxi, laranja, limão e chá verde podem auxiliar na digestão”, cita a nutricionista.

Vale lembrar também que a prática de atividade física não deve ser interrompida, visando equilibrar ingestão e gasto de energia.

Por ser uma proposta de reeducação alimentar, os alimentos que compõem a base de uma alimentação saudável são, preferencialmente, frutas e hortaliças, cereais integrais, leguminosas, carnes, aves e peixes magros, leite e derivados com baixo teor de gordura, alimentos fonte de gorduras insaturadas e ômega-3, como o azeite extravirgem, oleaginosas, linhaça, abacate e água.

VANTAGENS DO PERSONAL

Ana Lígia aponta que a maior vantagem do personal diet é a adequação do acompanhamento nutricional à rotina do cliente. “Cardápios diários que consideram as preferências e o estilo de vida, listas de compras semanais e receitas individualizadas tornam o tratamento nutricional específico e individualizado”, finaliza ela.

Dados do infográfico extraídos do sitewww.healthme.com.br, nutrólogoAndré Veinert, da Clínica Healthme

Sade