Bem vindo
Notice: Undefined index: usuarioNome in /home/omunici/public_html/view/topo.php on line 39

Sair


Esqueci minha senha






Saúde :: 2015-12-07 -11:26:00

Chikungunya e Zika Vírus podem chegar a São João se não houver prevenção

Por Gustavo Oliva


Recentemente, novos vírus ocasionados pelo Aedes Aegypti – mesmo transmissor da Dengue – foram disseminados por todo Brasil, que vive uma epidemia de dengue com mais de 745 mil casos apenas neste ano.

Nos últimos meses, o país passou a registrar casos de chikungunya e zika, o que preocupou os órgãos públicos de todo país.

CHIKUNGUNYA

Até 18 de abril deste ano, foram registrados 1.688 casos de chikungunya. Os primeiros casos “nativos” da doença no Brasil apareceram em setembro do ano passado em Oiapoque, no Amapá e foram se alastrando pelo país.

As principais reclamações foram de dor nas articulações de pés e mãos, febre repentina acima de 39 graus, dor de cabeça, dor nos músculos e manchas vermelhas na pele.

Cerca de 30% dos casos não chegam a desenvolver sintomas. Segundo o Ministério da Saúde, as mortes são raras.

ZIKAVÍRUS

A doença pode ter sido detectada na Bahia, mas ainda não está confirmada. A suspeita é de que ela tenha sido trazida para o Brasil durante a Copa do Mundo.

Esse vírus não é tão forte quanto o da dengue ou da chikungunya e os pacientes apresentam um quadro alérgico. Os sintomas, porém, são parecidos com a gripe: febre, dores e manchas no corpo. Quem é infectado pelo zika também pode apresentar diarreia e sinais de conjuntivite.

Por isso, Roberto Hoffmann alertou a população para que haja um cuidado ainda maior com os focos da dengue, já que, quando o mosquito é combatido, três e até quatro doenças (como a febre amarela) são evitadas.

Sade