Bem vindo
Notice: Undefined index: usuarioNome in /home/omunici/public_html/view/topo.php on line 39

Sair


Esqueci minha senha






Saúde :: 2015-11-11 -15:42:00

Novembro Azul alerta por prevenção ao câncer de próstata

Biomédico sanjoanense esclarece algumas questões acerca da doença – tema deste mês e como preveni-la

Por Daniela Prado


O câncer de próstata é o mais comum entre os homens e a segunda causa de morte relacionada ao câncer, no Brasil; de acordo com o Instituto Nacional do Câncer (INCA), 60 mil novos casos foram registrados em 2012.

O biomédico Roberto Dias Conceição, que atende em São João, no Laboratório Centermed, esclareceu algumas questões à reportagem do O MUNICIPIO.

Novembro Azul

“Novembro Azul é uma campanha de conscientização, realizada por diversas entidades, no mês de novembro, dirigida à sociedade, em especial aos homens, para conscientização a respeito de doenças masculinas, com ênfase na prevenção e diagnóstico precoce do câncer de próstata”, explica Roberto.

Apesar do apoio de várias entidades não governamentais, o biomédico pondera que o aspecto relacionado ao câncer de próstata é repudiado pelo Ministério da Saúde brasileiro e pelo INCA, devido à ausência de indicações científicas para realização do rastreio. “O movimento surgiu na Austrália, em 2003, aproveitando as comemorações do Dia Mundial de Combate ao Câncer de Próstata, realizado a 17 de novembro e, no Brasil, o Novembro Azul foi criado pelo Instituto Lado a Lado pela Vida, com o objetivo de quebrar o preconceito masculino de ir ao médico e fazer o exame de toque”, conta .

Em 2014, o Instituto realizou 2.200 ações em todo o Brasil, com a iluminação de pontos turísticos -- Cristo Redentor, Congresso Nacional, entre outros—e contou com a adesão de celebridades, como Zico, Emerson Fittipaldi e Rubens Barrichello, além de ativações em estádios de futebol, corridas de rua e palestras informativas.

O biomédico enfatiza que a detecção precoce do câncer de próstata pode aumentar em 95% as chances de cura.

Como acontece

Roberto explica que a próstata é uma glândula localizada abaixo da bexiga e à frente do reto, responsável por produzir parte do sêmen. “No caso deste órgão,o câncer ocorre quando há o crescimento de massa tumoral nesta área, que pode levar até 15 anos para chegar a 1 centímetro, e o desenvolvimento da doença é lento , quase sempre atingindo  homens com mais de 65 anos”, descreve o biomédico.

O exame de toque retal, Roberto explica, é primordial para a descoberta da doença ainda na fase inicial. “No caso de histórico na família, quando pais e irmãos já tiveram a doença , o teste deve ser feito a partir de 40 anos, por conta do fator hereditário”, salienta Roberto, acrescentando que a realização do exame de sangue para dosagem do PSA também é indicada epode apontar alterações que sejam um indício da doença.

Mesmo com a ampliação das campanhas de orientação e a disseminação de informações como esta, Roberto percebe que grande parte dos homens ainda apresenta resistência ao exame de toque. “Contudo, deixar de realizá-lo no tempo certo pode levar a um diagnóstico tardio e, consequentemente, à evolução de um tumor mais invasivo, que reduz não só as chances de cura, mas também eleva os riscos de sequelas como a impotência sexual”, aponta.

Prevenção

Sobre a prevenção, Roberto destaca que a adoção de hábitos saudáveis, que  evita vários tipos de doença, como as cardiovasculares, também se aplica ao câncer. “A redução do consumo de carne vermelha, a manutenção de uma alimentação rica em licopeno, presente, por exemplo, no extrato de tomate, e a prática de exercícios físicos com frequência são alguns destes hábitos”, sugere o biomédico.

O consumo de cigarro e bebidas alcoólicas em excesso são alguns dos vilões que devem ser evitados e que contribuem, não só para o aparecimento do câncer de próstata, mas de outras neoplasias malignas.

Sade