Bem vindo
Notice: Undefined index: usuarioNome in /home/omunici/public_html/view/topo.php on line 39

Sair


Esqueci minha senha






Artigos :: 2016-08-16 -20:06:00

Com a Unesp, São João vai voar!


             

Na última semana tivemos o início do curso de Engenharia Aeronáutica da Unesp em São João da Boa Vista, o que trouxe um início com chave de ouro para se falar desta instituição nesta odisseia sobre embriões de um ambiente de inovação no município. Mesmo que ainda não se tenha discutido cursos de nível superior neste espaço, não podemos perder a oportunidade de falar desta instituição que batalhamos mais de 10 anos para trazer e que lançou um curso que tanto se encaixa numa das áreas que se projeta para o futuro de nosso parque industrial: a produção de aeronaves. Para entender melhor o que a Unesp pode representar para o município nada melhor que conversar com o diretor do Campus, o Prof Dr Jozué Vieira Filho, engenheiro elétrico que já teve contato com o Departamento de Política Científica e Tecnológica da Unicamp e tem grande facilidade para entender o papel que uma instituição de excelência em pesquisa pode desempenhar por aqui.

O primeiro curso que a Unesp ofereceu em São João foi o de Engenharia de Telecomunicações, focado nas áreas de comunicação ótica (por fibra ótica) e comunicações móveis (celulares, por exemplo), além de microeletrônica, automação e futuramente, antenas, todas áreas que já estão preparadas para serem atrativos de industrias de alta tecnologia e estabelecerem parcerias para desenvolver novas tecnologias em conjunto com o setor produtivo. Esta área, que é uma subárea da Engenharia Elétrica, tem em Campinas um de seus maiores centros na América Latina, e temos sim a possibilidade de através dela estarmos conectados à rede de agentes inovadores da sede desta mesorregião administrativa à qual pertencemos, o que representaria um ganho incomensurável para nosso ambiente de inovação.

É fundamental levar em conta as características deste primeiro curso para compreender tanto o porquê de trazer Engenharia Aeronáutica como um segundo curso bem como estes dois cursos podem se complementar. A ideia inicial era que fosse implantado também o curso de Engenharia de Materiais, mas foi descartado internamente por ser muito distante das Telecomunicações. Como há uma certa relação entre a que já existia e a Aeronáutica, e havia duas empresas de aviões no município, colocou-se este curso em pauta.

Além das áreas de aerodinâmica e certificação, o novo curso oferecido em São João deve focar em tecnologias de controle e comandos de vôo, áreas onde há um cruzamento com o que já existe em Telecomunicações, sobretudo em microeletrônica e comunicações óticas, dois setores de onde pode sair a marca diferencial da nossa Unesp, além de encontrar linhas de pesquisa semelhantes no Instituto Federal junto com da área de automação, que liga tanto nossas duas instituições públicas e gratuitas de ensino superior como também ao campus da Unesp de Sorocaba, com quem, aliás, nosso campus já protocolou a abertura de um programa de mestrado e doutorado conjunto em Engenharia elétrica, já aprovado nos órgãos colegiados da universidade, aguardando apenas de análise da CAPES.

Tanto as conexões com o Instituto Federal descritas brevemente aqui, quanto com setores da indústria, outros centros de excelência em pesquisa como Campinas e Sorocaba e mesmo entre os dois cursos que agora temos na Unesp dão um norte tanto para como São João pode potencializar as alternativas, quanto para caminhos através dos quais esta universidade pode criar uma identidade exclusiva em seu “capítulo” sanjoanense. Compreender a rede que uma instituição com a inovação em seu DNA pode gerar ou incluir em nossa cidade é sobretudo um desafio, para ela e para nós.