Bem vindo
Notice: Undefined index: usuarioNome in /home/omunici/public_html/view/topo.php on line 39

Sair


Esqueci minha senha






Artigos :: 2016-05-11 -17:59:00

Um furacão chamado Curry


(Foto: veja.abril.com.br)

 

A NBA presenciou, nas últimas décadas, verdadeiros furacões, os quais fizeram um enorme “estrago” nos adversários. Michael Jordan, Magic Johnson, Shaquille O’neal, Kobe Bryant e mais recentemente, LeBron James. Atletas que marcaram suas passagens na liga, no esporte, nos corações dos torcedores e na história. Quando um burburinho de que os gênios estavam acabando na NBA, eis que surge um menino loirinho e abelhudo. Seu nome? Stephen Curry.

Desde 2009 como profissional, Curry sempre foi olhado como uma promessa, mas graças a Deus e para o bem dos que amam o Basquete, a promessa virou realidade. Há ao menos 3 temporadas o jovem começou a ganhar o status de protagonista, mas, meus amigos, o que é isso que estamos vendo nas últimas duas temporadas? Atuações assombrosas, cestas magistrais, adversários curvados ante a sua mão quase santa, de tanto treinamento.

Nessa temporada o menino Curry foi marcando pontos, e mais pontos e mais pontos, o que possibilitou aos Warriors baterem os Bulls de Jordan como a equipe mais vitoriosa da história da NBA, na temporada regular, com 73 vitórias. Não bastasse esse recorde coletivo, as mãos de Curry ultrapassaram as 400, isso mesmo, QUATROCENTAS bolas certas.

Após mais uma atuação de gala do jovem, com 17 pontos nos 5 minutos de prorrogação, os Warriors venceram mais uma vez os Blazers, deixando a série dos playoffs em 3x1 para os Warriors e a uma vitória da vaga sacramentada na final conferência Oeste da NBA, que pode ser contra San Antonio Spurs ou  Oklahoma City Thunder, que tem a sua série empatada em 2x2.
Após a partida, Curry foi eleito unanimemente, como MVP (Most Valuable Player) da temporada. O título é dado anualmente ao jogador mais valioso da liga, e com esse, chega ao segundo ano seguido como MVP.

O que vai ser daqui pra frente na caminhada dos Guerreiros, não se sabe, mas que os adversários saibam que se quiserem vencer, terão que passar por um furacão chamado Curry.