Bem vindo
Notice: Undefined index: usuarioNome in /home/omunici/public_html/view/topo.php on line 39

Sair


Esqueci minha senha






Artigos :: 2016-03-22 -17:54:00

Graduação e Pós Graduação: Os benefícios de se investir em si mesmo


Dentre os objetivos pessoais dos brasileiros, é muito comum encontrar a aquisição de um carro zero, uma casa nova, fazer uma ótima viagem, dentre vários outros.

Uma fala bem conhecida é a de que “se a gente não se endividar, não consegue nada!”, portanto, utilizar-se de financiamentos e empréstimos para adquirir bens é uma das principais opções para muita gente.

Em muitos casos, os bens acabam antes mesmo de terminar o seu pagamento e a pessoa se frustra porque já não tem mais o bem e ainda precisa arcar com seu pagamento.

Existiria algo cujo investimento resulta em um retorno para toda a vida, que nunca se acaba e que ainda gera muitos benefícios de forma imediata?

A resposta é: sim, o melhor de todos os investimentos é aquele que você faz em si mesmo, em sua formação pessoal e profissional, mesmo que seja através de um financiamento, como o estudantil por exemplo, sempre será um ótimo negócio.

Investir na aparência, em seu marketing pessoal, como cabelo, dentes, maquiagem, roupas, sapatos etc, é sempre muito bom, mas investir na sua própria educação, não tem preço, é o maior retorno que se pode ter com um investimento, todo investimento se torna pequeno frente aos benefícios obtidos com a educação.

O conhecimento está cada vez mais popularizado, antes era disseminado somente através dos grandes mestres, daqueles que tinham acesso às bibliotecas, que tinham a oportunidade de estar em meio a um processo de ensino e aprendizado.

Hoje em dia, com o avanço da tecnologia, muitas vezes os alunos vão para as aulas com mais conhecimento do que os próprios professores, as pessoas vão ao médico com uma lista dos possíveis diagnósticos para os sintomas que estão sentindo, podemos ter acesso a praticamente qualquer assunto através do Google, podemos assistir à uma infinidade de vídeos no Youtube, aulas de violão, de idiomas, como fazer isso, como fazer aquilo, enfim, não existe mais barreiras para o compartilhamento de conhecimentos.

Mas, se o conhecimento está acessível para todos, como se diferenciar no mercado de trabalho?

A resposta está na forma como agir e se comportar, ou seja, está relacionada com suas habilidades e atitudes.

Ninguém nasce com habilidades e atitudes, elas são desenvolvidas ao longo de nossas vidas. Relacionar-se bem com outras pessoas é uma das habilidades mais valorizadas pelas empresas, mas quando nascemos somos muito egoístas, queremos a mãe só para a gente, mordemos nossos amiguinhos, quer dizer, demora muito tempo para que possamos desenvolver bem essa habilidade, muita gente passa a vida toda sem se desenvolver. O mesmo acontece para o trabalho em equipe, comunicação interpessoal, resiliência entre outras habilidades.

De nada adianta ter conhecimento, desenvolver suas habilidades, se não tiver atitude. Uma das definições do dicionário Michaelis para atitude é “Disposição interior, maneira de enfrentar um problema”, isto é, sempre que nos deparamos com um problema, nosso cérebro busca o conhecimento para a resolução aliada com a habilidade necessária, mas ao final, decidimos se queremos ou não fazer realmente aquilo através da atitude.

Portanto, para ser diferenciada no mercado, uma pessoa precisa investir em si mesmo, precisa buscar bons conhecimentos, desenvolver suas habilidades específicas e morais e ter atitude, e a soma de Conhecimento, Habilidade e Atitudes (o famoso CHA) é o que chamamos de “competência”.

E onde seria o lugar ideal para se buscar essa diferenciação?

Com certeza a resposta está nos cursos de graduação e pós graduação, mesmo sabendo que hoje o simples fato de se ter um diploma não garante o sucesso no mercado de trabalho.

O ensino superior é o local ideal para se adquirir conhecimentos específicos, para desenvolver suas habilidades e conseguir a atitude necessária exigida pelo mercado, seu valor nunca será depreciado.

No Brasil, quem decide fazer um curso de nível superior, uma graduação, aumenta em até 156% seu salário, conforme estudo da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE).

Segundo o INEP - Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, pelo Censo da Educação Superior, houve um aumento em 2014 de 6,8% no número de matrículas em cursos superiores no país, em 2013 representavam 7,3 milhões de alunos e em 2014 passaram a 7,8 milhões.

Mesmo o Censo de 2015 ainda não estar pronto, os dados de 2013 e 2014 mostram que a procura pelo ensino superior está aumentando a cada dia, pois se conseguir ou manter o emprego com o diploma já está difícil, sem ele então, nem se fala.

Para os que vão além da graduação e se arriscam em um curso de pós graduação, seja lato ou strictu sensu, a valorização é ainda maior, com certeza, é um seleto grupo dentre os brasileiros.

A empresa Catho Online, empresa de recrutamento muito conhecida em todo o território nacional, divulgou um estudo onde mostra que os profissionais com uma pós graduação recebem um salário até 70% a mais daqueles que não têm pós graduação.

Outro estudo no mesmo sentido é o da Fundação Getúlio Vargas, onde divulgou que cada ano cursado de pós graduação resulta em 40% de aumento na renda mensal.

Isso tudo tem uma explicação: o ambiente de uma pós graduação, além de proporcionar conhecimentos mais específicos de uma determinada área, ainda representa uma ótima oportunidade de ampliar a rede de contatos (também conhecida como networking), sem contar que as aulas são, em sua maioria, pautadas com muita atividade prática para o desenvolvimento das habilidades e atitudes.

Para os que não possuem uma graduação ou pós graduação e estão querendo melhorar o seu currículo de forma bem rápida, o jeito é procurar pelos cursos de extensão ou de atualização, pois não exigem formação superior e são bem rápidos e focados.

Não importa o curso, o importante é não ficar parado, a velocidade das mudanças não dá espaço para pessoas acomodadas, o mundo globalizado exige pessoas dinâmicas, tudo têm a ver, tudo interessa, tudo está relacionado e ninguém está livre dessa necessidade contínua e intensa por novos conhecimentos, pelo desenvolvimento de competências jamais exigidas anteriormente.

Muita gente costuma dizer que as pessoas bem sucedidas são aquelas que tiveram sorte na vida. Uma vez, um grande amigo e professor me disse que sorte é a soma de capacitação e oportunidade. Se estiver capacitado e não estiver atento às oportunidades, será uma pessoa muito boa tecnicamente, mas fracassada, e se estiver ligado nas oportunidades, mas não for capacitado para aproveitá-las, também não conseguirá sucesso algum na vida, pois sempre vai estar correndo atrás de algo que não lhe serve.

As oportunidades aparecem a todo o momento, muitas vezes elas surgem quando a gente menos espera, por isso, é preciso estar preparado sempre.

O mundo está cada vez mais competitivo e o mercado de trabalho cada vez mais exigente, investir em si mesmo, em uma educação no ensino superior, com certeza será a melhor opção para garantir sucesso em sua vida pessoal e profissional.