Bem vindo
Notice: Undefined index: usuarioNome in /home/omunici/public_html/view/topo.php on line 39

Sair


Esqueci minha senha






Yuri Trafane

Artigos Publicados

Vivendo nas Organizações

Pense em como os novos inquilinos do planeta terra eram trazidos à vida em um passado não muito distante. Se você tem menos de sessenta anos não deve ter vivido, mas certamente ouviu histórias de seus avós sobre as parteiras. Viaje mentalmente para um tempo um pouco mais distante e recorrendo aos filmes de época lembre-se da celebração do fim da caminhada humana. Amigos e familiares cuidavam do sepultamento daqueles que partiam. Atropele suas memórias e venha para o presente. Como esses dois eventos acontecem hoje? Crianças nascem em hospitais e os finados são conduzidos pelas...

O Que é Sucesso?

Se você leu essa coluna na semana passada, ficou sabendo que o propósito dela é criar um ambiente para reflexão sobre como ter sucesso trabalhando em uma organização. Se não leu, acabou de descobrir. Não é difícil entender que cada um de nós quer ter êxito no que faz. Se dar bem! Curioso, entretanto, é que a maioria das pessoas começa a perseguir o sucesso sem saber exatamente o que ele significa. A primeira coisa para você ser bem sucedido na vida é definir onde você quer chegar. O que é sucesso para você? Porque no fim das contas você...

Os três pilares

Em nossos últimos artigos falamos de dois dos ingredientes fundamentais para o sucesso profissional: fazer o que se gosta e trabalhar em atividades que usem seus melhores talentos. Apesar desses dois pilares serem fundamentais, eles não são capazes de sustentar sozinhos uma vida profissional exitosa. Assim como uma mesa precisa de pelo menos três pés para se sustentar, o sucesso também requer pelo menos mais um apoio. Estamos falando da importância de trabalhar com algo que o mundo realmente precise. Vejamos um exemplo extremo: imagine que você tenha um talento...

O Desafio do Tempo

O que Bayer, Bosch, Medley, Nívea e Walmart têm em comum além de serem grandes organizações? Todas elas, estão entre aquelas que em algum momento pediram o apoio de nossa empresa (Ynner Treinamentos) para capacitar seus executivos com relação ao tema “Gestão do Tempo”. Isso mesmo. São corporações de ponta que praticam o estado da arte em gestão de negócios, mas que como qualquer outra empresa, enfrentam um dos desafios mais agudos de nossa era: como lidar com o tempo. Do presidente ao funcionário com a atividade mais operacional, todos estão sujeitos à...

Vivendo e Aprendendo

Um dia desses estava tomando meu café da manhã na Padaria Rainha quando notei que uma conhecida estava na mesa ao lado. Cumprimentei-a e começamos um desses rápidos papos informais que logo acabou versando sobre o livro que eu tinha em mãos. Ela elogiou minha disposição para a leitura matinal. Expliquei que para quem vive de ensinar, aprender é fundamental. Aproveitando o tema, em um misto de reflexão e consternação, comentou que o filho não é muito afeito às leituras. Por um segundo pensei em sugerir formas para...

A armadilha do conhecimento

Fiquei muito satisfeito quando a Patrícia Furlanetto me convidou para fazer uma palestra dirigida aos alunos de primeiro ano de todos os cursos da Unifeob, logo depois do Rodrigo Simão ter me pedido para abrir a semana de administração desse Centro Universitário. Fiquei ainda mais entusiasmado quando o Beto Junqueira me contou sobre os objetivos e o contexto da empreitada. É motivador saber que uma instituição educacional de nossa região está investindo tão fortemente em fazer a transição de um ensino focado em transmissão de conhecimento, rumo a uma preocupação com o...

Ser, Saber e Saber Fazer

Dizemos de “boca cheia” que estamos na era do conhecimento. Ótimo. Saber é realmente importante. Não há dúvidas que muitas de nossas conquistas estão lastreadas em nosso universo cognitivo. Entretanto, essa expressão (era do conhecimento) esconde uma armadilha. Uma premissa nem sempre verdadeira que pode envenenar uma vida bem sucedida. O êxito profissional de uma pessoa não nasce apenas do que ela sabe, mas de um conjunto de características que andam lado a lado com o conhecimento e que o sustentam, manifestam e potencializam. São as competências, que estão baseadas em...

Os Quatro Papéis Fundamentais

Digite a palavra liderança no Google e selecione entre os links que aparecerem aqueles que se propõem a definir esse termo. Você verá que existem muitas formas de explicar o que faz um líder, mas posso apostar que na maioria das definições, perdidas em meio a um monte de “blá, blá, blá” duas ideias estarão presentes: pessoas e resultados. Cada um tenta complicar a questão à sua maneira, mas eu prefiro o simples. Vamos direto ao assunto: um líder é alguém que gera resultados através das pessoas. Simples assim. Fácil falar, difícil fazer....

O líder constrói o pavio

Em nosso artigo da semana passada comentei que ser líder é gerar resultados através das pessoas e fiquei devendo a explicação de como fazer isso. Pago agora. Para gerar resultados, um profissional precisa fazer as coisas certas. Então, o princípio básico é que o líder consegue que seu liderado faça as coisas certas. E para isso, precisa cultivar nas pessoas dois elementos: querer e poder. Isso mesmo, para realizar qualquer coisa na vida precisamos desses dois ingredientes. Precisamos ter vontade e...

Além da motivação

No artigo da semana passada, disse que liderar é gerar resultados através das pessoas. Disse ainda, que para isso acontecer um líder deve começar se preocupando com a motivação dos seus colaboradores. Não “ôba-ôba”. Não animação vazia, mas motivação genuína, baseada em ações consistentes de respeito e preocupação com o liderado ao longo do tempo. Apesar de importante, esse é apenas um dos ingredientes da liderança. O outro, tão relevante quanto o primeiro, está ligado ao desenvolvimento...

Quando o Certo é Fazer Errado

Me lembro da cena como se tivesse acontecido ontem, mas foi em meados da década de 80. Gustão, Renor, Ratinho e Marcelão estavam comigo na quadra. Representávamos a SES em um jogo do Campeonato Paulista de Basquete, do qual aliás – e com muito orgulho - fomos campeões do interior. Perdíamos por três pontos e faltavam 10  segundos para o jogo acabar. Recebi a bola e tentei o arremesso. Falta. Fui para a linha do lance livre. Converti o primeiro. Estávamos dois pontos atrás e só restavam quatro segundos para o final. Se eu olhasse para o meu papel como um jogador de basquete individual, o correto...

Quem pensa, pode

Quando o fim de ano se aproxima, grandes corporações se lançam em um exercício importante: o planejamento estratégico. A maior parte das pequenas e médias empresas ignora essa atividade. Muitas delas amedrontadas pela suposta complexidade da empreitada. Não vou dizer que é algo fácil, mas está longe de ser difícil a ponto de afastar os iniciantes. Mesmo porque, nada custa tão caro para uma organização - de qualquer tamanho - quanto não pensar antes de começar a fazer.

Não peça tudo que está no cardápio

Há algum tempo, a Câmara Americana de Comércio me convidou para ministrar uma palestra em seu comitê de pequenas e médias empresas. O objetivo era apresentar para os empresários algumas tendências relacionadas à gestão de negócios. No encontro, apontei várias ferramentas que poderiam ser usadas em suas organizações, expliquei os benefícios e dei uma ideia de como implementá-las na prática. Como em todo evento desse tipo, existem algumas pessoas que se mostram mais atentas e interessadas desde o princípio. Nesse dia não foi diferente. No final, um desses...

Os Extremos são Desaconselháveis

Você acha que autocrítica é um ingrediente importante no desenvolvimento profissional? Se respondeu que sim, estamos de acordo. Sempre tive em mente que consciência das limitações e capacidade de apontar os próprios erros ajudam na evolução pessoal e profissional. E honestamente, minha aposta dava conta que bastante rigor nesse sentido era bom. Deveria ter prestado mais atenção no que diz meu pai: “Os extremos são desaconselháveis”. Explico: pesquisa desenvolvida pela Psicóloga Juliana Braines na Universidade da Califórnia concluiu que “excesso de...

Pontos Fracos e Pontos Fortes

Peter Drucker, o grande guru da gestão, disse uma vez que não se constrói sucesso melhorando pontos fracos, mas sim desenvolvendo pontos fortes. Parece óbvio. Mas algumas pesquisas desenvolvidas pelo Instituto Gallup, mostram que as pessoas acham que a melhor forma de evoluir é corrigir seus defeitos. Vejamos um exemplo simples; verossímil em nossa sociedade. Imagine que o Joãozinho (história de criança na escola tem que ter Joãozinho) é um bom aluno em história e ruim em matemática. No fim do ano os pais dele vão à...

Experiência em Vendas

Um dia desses, eu estava caminhando pelas ruas centrais de São João, quando ao passar diante de uma loja não pude deixar de ver o cartaz: “Procura-se Vendedor com Experiência”. Essa frase que aparece com frequência na fachada dos estabelecimentos comerciais, carrega um grande erro de recrutamento e seleção na área de vendas. Muitos especialistas dizem que a experiência é algo absolutamente irrelevante para o sucesso de um vendedor. Isso mesmo, muita gente que estuda o assunto defende que ter experiência, não ajuda em nada um vendedor. Aliás, alguns deles dizem que as...

O Poder dos Clássicos

Nunca mais esqueci aquela resposta. Estava começando meu primeiro MBA e ao final da aula magna não resisti – como quase sempre acontece – e lancei uma pergunta: “Em meio a tanto conhecimento disponível, como posso saber para onde dirigir minha atenção? O que devo ler? O que devo estudar?” O palestrante tinha sido reitor da USP e secretário de Ciência & Tecnologia de São Paulo e a resposta me pareceu a altura de seu currículo. Objetivo, mas esclarecedor. “Concentre-se nos clássicos”, disse Flávio Fava. Depois explicou seu ponto de vista, mas o slogan era quase...

Canseira do bem

Já disseram que as exceções existem para confirmar as regras. Acredito. E minhas observações com relação ao universo profissional vêm me mostrando que a regra é: não existe sucesso sem trabalho duro. Brindo àqueles que puderam beber nas taças da exceção. Mas não escrevo para eles. Sendo assim, se vencer está nos seus planos, você vai ter que trabalhar muito. E vai chegar no fim de semana cansado. Sem contar que vai atravessar alguns deles trabalhando. E aí vem a pergunta: será que vale a pena viver correndo atrás do êxito se o...

Aprendendo com o Ituano

Como trabalho com treinamento e desenvolvimento de competências profissionais, procuro obsessivamente por situações da vida cotidiana que possam valer boas lições para o mundo empresarial. Um dia desses escrevi um artigo aqui provocando os leitores: o que o carnaval poderia ensinar para quem quer gerenciar melhor uma empresa? Metáforas como essa, podem esconder dicas preciosas sobre como fazer um negócio funcionar bem. Nesse sentido, o feito histórico do Ituano, conquistando o campeonato paulista pode ser uma boa fonte de reflexões. Afinal, como é que pode um time com uma folha de pagamento tão baixa, se...

Discutindo e Aprendendo

Como todo mundo, eu gosto mais de algumas partes do meu trabalho do que outras. Essa semana estou concentrado em um projeto com um sabor especial: vou mediar um grupo de diretores de uma multinacional europeia na discussão de um livro. É muito comum que executivos participem de treinamentos em que um professor transmite conhecimentos através de uma exposição, quase sempre complementada por exercícios e dinâmicas. Em nossa empresa é o que mais fazemos. Dessa vez é diferente: os participantes leram um livro ligado à um tema relevante para a empresa e o aprendizado se dará...

Empresas Estressadas

Diversas pesquisas mostram que 70% da população mundial sofre de stress e um estudo da ISMA Brasil (International Stress Management Association) aponta que o trabalho é a principal fonte desse mal. Isso é, antes de tudo, um contrassenso essencial, pois afronta uma das motivações básicas para a existência do ser-humano.  Em sua palestra no TED Talks, o monge David Steindl-Rast diz – e eu concordo – que uma das poucas coisas comuns a todos nós e que nos une como espécie, é que queremos ser felizes. Não conheço uma...

Individual x Coletiva

Tendo em mente um grupo de trabalho – pode ser sua empresa, seu departamento, o time em que você joga ou os colegas de um projeto na faculdade – pense sobre o que você acha da seguinte frase: “se cada um fizer a sua parte da melhor maneira possível o resultado final será o melhor possível”. É uma grande tentação concordar com ela; mas essa afirmação carrega uma armadilha que vitima muitas equipes, pois o resultado coletivo não é a soma simples de atividades individuais. Outra máxima organizacional toca...

Pensar Antes para Vender Mais

Um tema sempre presente nos treinamentos que ministro na área de gestão é planejamento. E essa palavra invoca a sensação de algo complexo e necessariamente trabalhoso. O que não é verdade. Se mergulharmos no coração desse vocábulo encontraremos algo muito simples. A definição que mais gosto para planejamento é: “pensar antes de fazer”. Alguém que planeja é alguém que tenta antever a situação que vai enfrentar e se prepara de modo a ter o mínimo de surpresas e o máximo de...

Marketing Político Atômico

Energia nuclear é uma coisa boa ou ruim? Depende. Se for usada para mover uma usina que vai abastecer casas e indústrias, aumentando o bem estar das pessoas e com os cuidados necessários para não ferir o ambiente, é boa. Se for a base para a construção de uma bomba é ruim. Muito ruim. A energia nuclear é uma ferramenta. O bem ou o mal vem da forma como é usada. O marketing também é uma ferramenta. O marketing político, que é uma variação dessa área de conhecimento, idem. Quando usado para entender os...

De Volta para a Nossa Vida

Quando comecei a escrever artigos para essa seção me propus a falar sobre o tema com o qual trabalho há quase trinta anos: o mundo dos negócios e o desenvolvimento de competências para o sucesso profissional. Só interrompi essa linha quando, na iminência das eleições, me senti provocado por uma frase de nosso hino: “verás que um filho teu não foge a luta”. Acho que em situações de grande impacto cívico, todos os cidadãos, e principalmente aqueles com acesso aos meios de comunicação formalmente instituídos, devem contribuir com o debate, defendendo...

Errar para acertar

Digitei a palavra “mudanças” no Google e recebi mais de 52 milhões de links relacionados ao tema. Em seguida teclei “estabilidade” e o número de resultados foi próximo a 14 milhões. Essa é apenas uma forma quantitativa de constatar a agitação do mundo em que vivemos. A mudança está muito mais presente em nosso cotidiano que a estabilidade. Falamos mais dela, escrevemos mais sobre ela, enfrentamos mais seus efeitos a todo momento. E em um ambiente enfaticamente mutável, sobrevive quem se adapta mais rápido – já dizia Charles Darwin. Por isso, as...

Profissionalmente Feminina

Na semana que começou homenageando as mulheres, me agrada muito a ideia de dedicar o meu artigo a elas! E em uma coluna que procura refletir sobre o trabalho como uma dimensão essencial da vida, nada mais lógico do que falar das conquistas femininas no universo das profissões. Dizer que elas estão ocupando cada rincão antes dominado pelos homens é chover no molhado. Mas talvez, tentar entender como elas estão fazendo isso possa render alguns insights. Não quero ser simplista mas o espaço disponível me obriga a ser simples. Objetivo. E imbuído de tal espírito de...

Arrogância como Armadilha

Na semana passada estive em um encontro na FIA/USP onde ouvi dois dos maiores economistas do país. Eles fizeram uma leitura muito lúcida da situação e sentenciaram com subsídios técnicos aquilo que temos ouvido na mídia e sentido na pele: estamos no início de um biênio que será muito difícil e de baixo crescimento, na melhor das hipóteses. E eu fico me perguntando: como um governo consegue cometer tantos erros em tão pouco tempo? Erros que nos levaram de “estrela dos países em desenvolvimento”, com direito a Cristo...

Além de Tudo

Aproveito o clima da semana que sucede a Páscoa para fazer uma pergunta: se você pudesse mudar um aspecto do comportamento humano com o objetivo de fazer o mundo ser melhor do que é hoje, qual seria? Eu escolheria a tolerância. Dar ao outro o direito de pensar diferente, agir diferente e acreditar em coisas diferentes me parece um caminho seguro para a paz. Por isso, respeito profundamente, por exemplo, as pessoas que, diferentemente de mim não acreditam em nenhum tipo de transcendência. É direito dessas pessoas não acreditar na divinização de Jesus. Mas mesmo os ateus admitem a existência do que se costuma...

Entre Pelé e Maradona...

Circula pela rede um vídeo em que o Papa pergunta a uma brasileira, num encontro de jovens no Vaticano, quem foi melhor: “Pelé ou Maradona?”.  Com um sorriso aberto e um olhar ansioso pelo medo de contrariar as convicções do Sumo Pontífice, nossa compatriota aponta o tricampeão mundial sem titubear. A reação de acolhedor bom humor do Santíssimo Padre, seguida de um fraternal abraço e uma quase gargalhada, iluminou o ambiente e explica num gesto simples a popularidade do Líder dos Católicos, que com sua humildade e simpatia consegue conquistar o respeito e a...

Vácuo de Liderança

Muitos estão se perguntando: por que essas manifestações de rua não têm trazido resultados concretos? Por que milhões de pessoas batem na panela, gritam e reclamam em uníssono e nada acontece? Na minha opinião, o principal motivo é simples: porque não existe ninguém com legitimidade política para receber o poder que vem das massas, e usar esse poder como trunfo contra os indesejados usurpadores do nosso estado. A energia que vem do povo precisa dar suporte a alguém, que em nome dele faz...

Encontrando o Caminho

No fim de semana que passou, tive o prazer de ministrar, a pedido da direção, uma palestra na escola das minhas filhas. O objetivo foi oferecer algumas dicas práticas para os jovens que irão escolher uma faculdade em breve. Como sei que vários leitores são pais – ou tios – e alguns são jovens nessa fase, reproduzo aqui, muito resumidamente, os dez pontos de reflexão que propus nesse encontro:  

O Desafio do Atendimento

Como observador apaixonado do varejo e sócio de uma empresa de treinamentos, não pude deixar de notar, com especial atenção, a reportagem da última edição desse jornal abordando a insatisfação do sanjoanense com o tratamento que vem recebendo em algumas lojas. Fiquei triste. Adoro nossa cidade e torço o tempo todo para que nossos empresários se saiam bem. Ver que eles estão tropeçando em uma área tão nevrálgica quanto o...

Além do Talento

Em meu artigo da semana passada, falei sobre a insatisfação dos sanjoanenses com o atendimento que vêm recebendo no varejo. Para aqueles que não tiveram a oportunidade de lê-lo, resumo sua essência: o ponto de partida para um bom atendimento é contratar gente com talento para a função. Hoje venho complementar a ideia, já que o ponto de partida não garante o sucesso, apenas lança as bases para que ele aconteça. Depois de formar um time de gente...

Atendimento Afiado

Em meus últimos dois artigos, escrevi sobre o desafio do bom atendimento e decidi encerrar essa série com algum exemplo de empresa reconhecida pelos bons serviços. Aproveitei o sábado, dia mais tranquilo, para pesquisar alguma referência, mas nada me atraiu. Nada parecia adequado para a nossa realidade. Quase desisti. No fim da tarde fui cortar o cabelo e quando entrei no Salão do Toninho me dei conta de que estava diante de um ótimo exemplo. Se alguém soube cultivar um cliente através de um atendimento excelente, esse alguém foi o Toninho. Afinal eu não seria...

Quando Menos é Mais

É mais fácil uma empresa morrer por indigestão causada pelo excesso de oportunidades do que pela fome, decorrente da ausência delas. Essa é uma das conclusões do consultor Jim Collins, que há décadas estuda o sucesso e o fracasso empresarial. Ou seja, a maioria das empresas se dá mal por ter muitas ideias e querer fazer tudo ao mesmo tempo e não por incapacidade de enxergar novas possibilidades. Mas porque essa reflexão é importante nesse momento?...

Persistente ou Teimoso?

Qual a diferença entre o persistente e o teimoso? Afinal, uma coisa é ser obstinado; outra, bem diferente, é ser “turrão”. E elas podem se confundir. E se você confundi-las, vai ficar dando “murro em ponta de faca” enquanto acha que está sendo valente. Quando ministramos treinamentos de empreendedorismo, apresentamos a persistência como uma das qualidades do empreendedor. E sem dúvida é impossível obter sucesso empresarial, profissional ou pessoal sem essa competência.

Quem? Eu?

Existem duas grandes formas de encarar a vida. Uma mais determinista e outra que chamaremos aqui de existencialista – com a licença de Sartre. Pensamos de forma determinista, quando acreditamos que os fatores externos têm um peso decisivo no nosso destino. Que aquilo que somos e temos é fruto, principalmente, das oportunidades que nos foram dadas e de circunstâncias que nos favoreceram. Da mesma forma, entendemos que o que nos falta, veio da privação de recursos e estímulos...

A Hora da Resiliência

Pegue uma borracha. Dessas escolares  que a gente usa para apagar o que escreveu errado. Torça-a. Dobre-a. Agora solte. Ela voltou a posição original, certo? Está exatamente como era antes. Isso é resiliência. A capacidade que alguns materiais têm de voltar ao seu estado original depois de ser submetido à pressão. Nem todas as substâncias apresentam essa propriedade. Como você sabe um arame entortado, permanece torto. A madeira quebra. E você? A pergunta  parece estranha porque estamos falando de coisas. Mas se transportarmos esse conceito para a esfera emocional,...

A Pressa Imperfeita

Recentemente, assisti uma exposição sobre a bem sucedida reforma econômica que a Austrália empreendeu para superar o período menos próspero de sua história, na década de 1970. Obviamente não vou discorrer sobre o tema dentro da perspectiva técnica sob a pena de perder sua atenção - com justiça, diga-se de passagem. Quero sim, compartilhar a frase mais interessante que ouvi nas quatro horas que durou o evento: “Boas reformas levam tempo e são consistentes no longo prazo”. Essa expressão me chamou a atenção porque sua...

Já?

Se você esticar bem o pescoço vai conseguir enxergar. O fim do ano está logo ali. Depois de virarmos a esquina de outubro para novembro vamos dar de cara com uma ladeira íngreme e lá embaixo dá até para ver o Papai Noel de braços abertos nos esperando. Talvez seja tarde para tentar cumprir as promessas de 2015, mas está bem na hora de começar a pensar nas de 2016. E para que antecipar tanto? Por uma razão muito simples: o planejamento pode ser a diferença entre conseguir ou não o que você quer no “feliz ano novo”. Quando falo de planejamento nas minhas aulas e nos treinamentos...

Ponto de Partida

Na semana passada eu te “cutuquei”. Questionei se não era hora de começar a pensar nos planos para 2016. Sugeri um caminho para isso: responder três perguntas: “Onde eu estou agora? Para onde quero ir? Como faço para chegar lá?”. Por fim, prometi que dedicaria os três artigos seguintes, um a cada uma dessas questões. E aqui estamos. É hora de pensarmos juntos sobre como responder a pergunta inicial: “Onde estou agora?” Dos pré-socráticos aos pós-nietzschianos, centenas de filósofos tentaram responder essa...

Linha de Chegada

Bem vindo ao terceiro artigo que se propõe a ajudá-lo no planejamento para 2016. No primeiro texto falamos sobre a importância de começar a pensar sobre quer conduzir o ano que vai chegar, ao invés de adotar a filosofia Zeca Pagodinho – deixa a vida me levar. No segundo sugerimos que você fizesse um balanço da sua situação atual, avaliando, seus valores, competências e o mundo que te cerca. Agora é hora de definir o que você quer do próximo ano. Já disseram que para uma embarcação que não sabe onde quer...

Luz, Câmera ... Ação

Agir sem planejar pode te levar a lugares que não te interessam. Mas planejar sem agir não te leva a lugar algum. De nada adianta ter uma leitura precisa da sua situação (tema do nosso artigo retrasado), nem tampouco estabelecer objetivos ambiciosos (artigo passado) se você não fizer algo que te leve até esses objetivos. O que você vai conquistar no próximo ano (este é o tema da quadra de artigos que termino hoje) está intimamente ligado com sua capacidade de executar o que consegue imaginar. Minha experiência me diz que o fracasso tem mais a ver com a incapacidade de fazer...

Comportamento e Crescimento

Uma máxima do mundo empresarial que insiste em se confirmar é: “ contrata-se pelo conhecimento, demite-se pelo comportamento”. Assim tem sido, assim é, e posso apostar que assim será! Puxando pela memória, não consigo encher uma mão com histórias de pessoas que eu tenha visto perder o emprego por falta de capacitação técnica no exercício de suas atividades. Precisaria de muito mais dedos do que tenho para contar todos os dramas que...

Para que Regras

Tem uma palavra intraduzível raspando na garganta dos executivos das grandes corporações multinacionais que operam no Brasil: compliance. Vou deixar o formalismo de lado para explicar de uma maneira direta o que ela significa. Compliance é um conjunto de medidas que as grandes empresas estão tomando para garantir que seus profissionais sigam as regras; principalmente aquelas ligadas à ética, no exercício das suas atividades. A maioria das organizações criou até um departamento para cuidar da questão. E não...

Volta por Cima

Reta final. Metade do último mês do ano ficou para trás. A próxima semana tem Natal. A seguinte, réveillon. Ufa! Que ano difícil. Seria romântico dizer que vivemos 2015. Mas acho mais justo dizer que sobrevivemos. A economia capenga e a seção de política dos sites e jornais recheada de notícias policiais. Notícias que enfraqueceram a nossa alma a cada dia, escancarando aquilo que sabemos à muito tempo, mas que evitávamos nos lembrar : não vivemos em um país sério. E o que vem pela...

A Qualidade que faz a Diferença

Que qualidade humana faria o mundo muito melhor e as empresas mais produtivas? Será que existe um cajado capaz de abater esses dois coelhos? Certamente já falei desse tema em nossa coluna e possivelmente na época do Natal. Não por coincidência. Mas pela afinidade com os ensinamentos do supremo aniversariante do período. Uma parte significativa da violência que temos no mundo impera quando essa qualidade abandona a alma humana. Nas empresas sua ausência gera conflitos e alimenta a vaidade. Estou falando da tolerância.

Passando a Régua

Antes de fechar atrás de si a porta de 2015, não se esqueça de perguntar: quais as maiores lições que você aprendeu no ano que sua memória está prestes a engavetar junto com a roupa branca do revellion? Tomara que tenha aprendido muitas coisas. Afinal,  viver é descobrir  e, na minha opinião, a morte de fato, vem quando nos falta gosto ou capacidade para redescobrir. Então pare e pense: que...

Mudando o Rumo da Prosa

Foi em setembro de 2013. Lá se vão, portanto, mais de dois anos desde que escrevi meu primeiro artigo nessa seção. Preocupado em lhe ser útil, me propus a compartilhar o melhor da bagagem que havia amealhado pelo meu caminho: reflexões sobre como transitar e prosperar no mundo profissional. Me desviei em alguns momentos para opinar sobre o conturbado panorama político em que vivemos, ou para enfrentar temas inevitáveis de grande envergadura. Mas retornei sempre ao foco central; afinal era com ele que me sentia confortável. Tentei ajudá-lo em sua caminhada rumo...

Faz Sentido?

Viktor Frankl sobreviveu a quatro campos de concentração durante a Segunda Grande Guerra. E à luz dessa experiência pavorosa e de seus estudos como psiquiatra chegou a uma conclusão: o significado que alguém encontra para a própria vida, cria condições, tanto para ajudar a sobreviver nos momentos difíceis, quanto para viver bem nas épocas menos conturbadas. Ele observou que entre seus companheiros de cárcere alguns não tinham grandes convicções sobre os motivos da sua existência. Estes eram justamente os que...

Meus ou seus?

Somos seres sociais. Por isso é inevitável que levemos em consideração o que acontece ao nosso redor. Nossos sonhos e desejos são influenciados pelos sonhos e desejos daqueles que nos cercam. Compreensível. Natural. Mas isso é muito diferente de terceirizar nossa vida. Me choca observar tantas pessoas abraçando as imposições sociais de forma tão intensa e anulando as aspirações mais genuínas abrigadas em suas almas.

Antes Nunca do que Tarde

Rápido! Não, não; mais rápido que isso! Muito mais rápido! Esse é o nosso ritmo. Temos pressa. Sempre. E por todos os motivos. E as vezes mesmo sem entender o motivo. Acordamos apressadamente. Um cafezinho ligeiro. Pulamos ansiosamente de tarefa em tarefa para dar tempo de chegar a tempo para o almoço. Mastigamos pouco. E rápido. Para chegar logo na parte da tarde. Quando as novas atividades nos consomem enquanto pensamos na próxima atividade. Afinal precisamos fazer mais. Muito mais. Rápido. O mundo não pode parar. Nem nós. Por quê? Oras, porque não! É...

Tá Ruim, mas Tá Bom

“Só existem dois tipos de ciclistas”, me disseram. “Aqueles que já caíram e aqueles que ainda vão cair”. Confesso que estava bastante confortável no segundo grupo. Ainda mais porque o ticket para o primeiro foi uma fratura. Suficientemente pequena para dispensar o gesso. Grande demais para mover o antebraço por algumas semanas. Ganhei uma linda tipoia como companheira de jornada. Tudo ficou mais difícil: comer, ler, digitar e até escovar os dentes com apenas um dos braços é no mínimo,...

Brasileiros

Não sei como a gente está conseguindo. Sério! Não sabemos se a presidente de hoje será a de amanhã. Os ritos ligados ao impeachment já começaram mas todos apostam que não vai andar. E se houver decapitação política, não sabemos que nova cabeça emergirá, tamanha é a podridão em toda linha sucessória. E quando olhamos ao redor, não avistamos um pequeno galho que seja. Ninguém em quem possamos depositar nossa esperança. Ninguém relevante no cenário político que ombreie a alcunha de líder...

Primeiro a Cura

Se uma pessoa tem a devastadora infelicidade de desenvolver um câncer, ela faz do combate à esse inimigo fatal a prioridade máxima em sua vida. A quimioterapia, uma eventual cirurgia e outros métodos de tratamento consomem sua atenção e seu tempo, ditando o ritmo de sua existência. As demais atividades, inclusive outras pequenas enfermidades que possam aparecer, recebem foco secundário e são encaminhadas apenas na medida em que lhe sobre tempo; depois de ter dado atenção irrestrita para a situação emergencial que lhe aflige. Tal pessoa pode até, vez ou outra,...

Terra Arrasada

No meu artigo da semana passada defendi a tese de que o atual governo representa para nossa nação aquilo que o câncer significa para um ser humano. Enfatizei que em ambos os casos a prioridade é a remoção do mal, independente de se saber ou não o que fazer no futuro. Afinal, enquanto os tumores dominam (o organismo ou a nação) a vida se esvai. Disse ainda, num misto de convicção e desejo, que uma vez curados do mal maior, haveremos de achar o novo rumo. Continuo pensando assim, mas agora com a sensação redobrada de que encontrar outros caminhos será...

Multifurcações

Qual o limite para a capacidade humana de desejar? Ainda que me esforce, não consigo ver. Está além do horizonte. Qual o limite para a capacidade humana de imaginar o que fazer? Mais adiante. Sempre haverá algo mais para querer. O mundo se desdobra e se oferece infinitamente. Sempre haverá algo mais para fazer. Nossa mente cria possibilidades na velocidade do impensável. Bom ou ruim, isso é ser humano. Tentar domar essas bestas é inútil....

Melhor ou Pior?

Que pai nunca recebeu uma pergunta desconcertante da filha ou filho quando eles começaram a crescer e quiseram entender o mundo que, para ser honesto, nem os adultos entendem direito. E quanto mais velhos vão ficando, mais sofisticadas as indagações. Outro dia recebi um petardo. “Pai, você acha que o mundo está cada vez melhor ou cada vez pior?” Fiquei feliz por saber que alguém que era uma criança até outro dia, está preocupada em entender a realidade além da superfície trivial e já se faz perguntas desse calibre.

Tranquilo é Desfavorável

Foi num treinamento de Gestão do Tempo para líderes de uma grande empresa de tecnologia. Uma das participantes explicou: “Depois de quatro anos eu finalmente consegui tirar férias. Estava tão exausta que nem pensei em viajar. Tudo que eu queria era ter algum tempo para mim durante quinze dias. Acordar com calma. Fazer coisas simples. Toda tarde ia para a academia, honrar os inúmeros meses que tinha pago sem aparecer. Chegava às 16:00. Lá pelas 18:00 estava saindo. Infeliz coincidência! Era o mesmo horário do final do expediente de várias empresas da região. Ver todos aqueles...

Boa Arte, Boa Vida

Se nossa proposta para esse ano é discutir o que é uma vida boa e como fazê-la acontecer, não posso deixar 2016 acabar sem falar de uma das maiores alavancas de bem estar da humanidade: a arte. Não pretendo e nem tenho condições de discutir o tema como um expert. Mas gostaria de provocar uma reflexão sobre o impacto que ela pode ter em nossa realização plena. O sociólogo suíço Alain de Botton defende em seu livro “A Arte como Terapia”, que “ela … é capaz de oferecer soluções fascinantes para as angústias do dia a dia.” Talvez, porque como...

Pé na Jaca

De Confúcio a Sócrates, de Buda a Kant. Quase todos os que se debruçaram sobre o desafio de lançar luz à “arte de viver”, fizeram alguma referência à virtude do comedimento. Equilíbrio, disseram. Equilíbrio, digo. Moderação. É o que prego. É o que persigo. Mas hoje minha voz será dissonante à dos virtuosos. Até porque ecoa em minha mente a máxima de que equilíbrio em excesso é...

Humanamente Possível

A insistência com que a expressão “Inteligência Artificial” vem aparecendo em publicações de todos os tipos denuncia a relevância do tema ao mesmo tempo em que revela certa ansiedade diante da possibilidade da mente humana ser substituída pela máquina. A preocupação chega a tomar proporções alarmantes quando conhecemos o conceito de “transumanismo”, um movimento intelectual que visa transformar a condição humana através do desenvolvimento de tecnologias disponíveis para aumentar nossas capacidades intelectuais, físicas...