Assine Já
São João da Boa Vista e região
Sábado, 23 de agosto de 2014
Polícia :: 12/10/13 - 14:48
Duas pessoas morrem e uma fica ferida em acidente na estrada Aguaí/São João
Camaro bateu na traseira de Gol, por volta das 6h, deste sábado; motorista do Camaro ainda não se apresentou à polícia
Gol em que estavam as vítimas fatais do acidente ficou completamente destruído após colisão com o Camaro  (Foto: Correio de Aguaí)

Duas pessoas morreram e uma ficou ferida em um acidente na estrada que liga Aguaí a São João da Boa Vista (SP), na manhã deste sábado (12), por volta das 6 horas.

O acidente aconteceu pouco antes da subestação da Elektro, em sentido Aguaí/São João, quando um veículo Camaro, que, segundo informações, transitava a cerca de 200 km/h, bateu na traseira de um Gol.

O Camaro era conduzido pelo médico sanjoanense Leonardo Reno Romano, 30, e colidiu na traseira do Gol que estavam Edson dos Santos Marreiro Viana, 34, que é motorista da Prefeitura de Aguaí, e dirigia o carro, Ricardo Felipe Salvi, 20 - chapeiro em um bar de Aguai -, e a garçonete Ana Daiane Anversa, 24.

Edson está internado em São João da Boa Vista, com diversas fraturas, inclusive na coluna, e não corre risco de morte. Ana Daiane e Ricardo não tiveram a mesma sorte: a garçonete faleceu no local do acidente e o chapeiro já no Pronto Socorro, onde foi levado para atendimento, mas não resistiu aos ferimentos.

Informações preliminares indicam que o Gol tentou ultrapassar um caminhão quando foi atingido na traseira pelo Camaro, que vinha em alta velocidade. O Gol foi arrastado por um trecho e depois caiu no canteiro central da pista, enquanto o Camaro foi parar na pista em sentido contrário.

O médico Leonardo Romano até o fechamento desta matéria, não havia se apresentado à polícia. Ele pode ser indiciado por duplo homicídio doloso (com intenção de matar).

Os corpos das vítimas fatais foram encaminhados para o Instituto Médico Legal (IML) de Mogi Guaçu para o exame de necropsia.

Comentários via Facebook
Comentários via site | 19 Comentários -
Adriana 18/10/13 19:10
Nossa ele realmente deveria estar de plantão já que encontraram latas de cerveja no carro....belo plantão o dele....nessa situação deve ter matado mais um monte antes do acidente....o condutor do gol não foi santo, mas o médico com certeza foi o pior..
Fernando 17/10/13 17:10
No vídeo aparece ele andando, mas não dá para dizer que está "fugindo". Ele pode ter ido para um lado, para outro, e depois voltado para ajudar. Tudo deve ser apurado.
carlos 17/10/13 10:10
pelo que me parece aquele trecho é bem proximo de AGUAI precisa ver se
carlos 17/10/13 10:10
pelo que me parece aquele trecho é bem proximo de AGUAI precisa ver se
Maria do Socorro 16/10/13 16:10
Situação lamentável para ambos as partes, todos somos seres humanos c/imperfeições, quem nunca errou que atirem a 1ª pedra.Pai e Mae ñ mandam filhos errarem, creio eu que o médico neste momento sofre bastante, a falta de maturidade traz esses episodios. A historia do se o carro ñ tivesse tentado a ultrapassagem e se o camaro ñ estivesse em alta velocidade nada teria acontecido, mas aconteceu e ai de quem é a culpa?
Joao 16/10/13 16:10
Sem querer defender o motorista do Camaro; sem desmerecer o sofrimento da família e com o maior respeito possível às pessoas falecidas ...
Penso que muito se diz contra o condutor do Camaro; muito se critica; é muito fácil julgar. Entretanto, não podemos nos esquecer que por pior que tenha sido o resultado, o médico certamente não quis dar causa ao acidente. Ao contrário do que dizem, ele não fugiu do local. Basta ver o vídeo postado no youtube, sendo possível identificar o médico no local do acidente. E não acho que houve omissão de socorro. Ora, não se pode salvar quem já morreu. Sem nenhum instrumento médico ou nenhuma aparelhagem, apenas com as mãos, o que é possível fazer em prol da vítima?
De outro lado, quem nunca transitou acima do limite de velocidade? E quem garante que a velocidade realmente era 200 km, e não 150, 140 etc., velocidades que podem perfeitamente causar o mesmo resultado. estamos contando apenas com o sistema do "olhometro". Por fim, a pista era dupla, e local reto e de ampla visibilidade. Omotorista do gol também errou.
Minha intenção é que os caros comentaristas tenham cuidado ao julgar uma situação que pode acontecer com qualquer pessoa. Cuidado pra não julgar como se o médico tivesse agido de forma premeditada, que não deixa de ser uma vida que TAMBÉM ESTÁ SOFRENDO com o ocorrido, e como qualquer ser humano, não está isento de errar. Abraços a todos.
LIRI 16/10/13 13:10
sera que ele fugiu, pelo que li ele tambem foi atendido, meu respeito aos familiares que perderam pessoas queridas, mas o medicos tambem deve estar sofrendo, niquem quer matar.
Danilo Carvalho 16/10/13 08:10
Cadeia nele! Cometeu homicídio doloso pois assumiu o risco ao dirigir a 200 Km/h quando o limite é de 110 Km/h!
Ivan Santos 16/10/13 00:10
Alguém pode me dizer se os ocupantes do gol estavam usando cinto de segurança ? de qualquer forma a pista não era pra uma velocidade a 200 km !
valter 15/10/13 13:10
Tá defendendo o médico porque ele tem dinheiro,e se foce vc ou alguém da sua família que tivesse morido,hem..
neutralidade 14/10/13 21:10
Primeiramente, este medico não é santo, nem de perto, porém, devemos analisar os fatos do acidente: Inicialmente, acompanhei o caso de perto, então posso falar, que realmente o acidente poderia ser evitado, por ambas as partes, condutor do camaro e a vitima do gol, pois, o motorista do camaro estava voltando de um plantão medico, cansado, fato que, imprudentemente veio a transitar ma via expressa da esquerda em velocidade incompativel, contudo,poderia ele cochilado no volante, fato que, fez o pé acelerar mais e quando deu em si, já era tarde demais. Quando as vitimas, havia bebidas alcoolicas no interior do gol, além de poderem testar bebados, deveriam ter tomado cuidado ao ultrapassarem pela esquerda o caminhão. O motorista do camaro é culpado, mas quantoa migos nossos e ate nós, podemos cochilar no volante,m alpm disto, não podemos considerar como crime doloso, pois, ele não estava embriagado e não estava disputando racha. Noticia fresca é que o médico não deixou de prestar socorro as vitimas, pelo contrario, saiu do veiculo, e foi prestar socorro, tanto, que mesmo machucado (estourou a bexiga), ajudou até a chegada do resgate, quando os bombeiros o levaram para ele ser atendido na Santa Casa de São joão.Dai, que o mesmo foi orientado a tratar-se, baixara poeira e apos alguns dias, apresentar-se as autoridades policiais.
Caike Miranda 13/10/13 15:10
Será que esse "Médico" estava embriagado ou estava drogado?? Senão por que fugiu?? e mais quem deu fuga para este assassino?? A reputação desta cara aqui em São João não é das melhores, mas como é de família rica ....
Neusa 13/10/13 12:10
agora sim, certeza que a culpa vai ser do motorista do Gol, afinal vivemos num pais onde Lei não existe, não existe justiça, e não pode se defender porque morreu, páis sem dono e sem lei, afinal quem tem dinheiro sempre da um jeitinho, meus sentimentos aos familiares.
mel 13/10/13 09:10
pois eh quem morreu foi uma garçonete e um chapeiro, qem matou foi um medico ,deveria estar preso como os indiciados do caso foguinho.
Marko 13/10/13 01:10
De qualquer forma o dr. Esta errado, primeiro por ter fugido do local, segundo pr estar dirigindo a 200 por hora, se trafegace na velocidade da via teria conseguido frear. A verdade é que o cidadão compra um carão e se acha dono da estrada, como se só ele pudessetrafegar por ali na velocidade que bem entender, não respeitando as leis e muito menos a vida dos outros, e esperar esse comportamento de um médico, que a priori teria que salvar vidasm...cadeia nele!!!
Adriana 12/10/13 23:10
Pior que é bem capaz dele se livrar dessa e continuar atendendo e cometendo seus equívocos inadmissíveis como, por exemplo, não ser capaz de retirar a agulha do dedo de uma pessoa...
João Carlos 12/10/13 22:10
Independente do gol ter dado seta ou não, transitar aproximadamente a 200km em uma rodovia é uma irresponsabilidade imperdoável. Você está assumindo o risco de causar um acidente e deve ser punido pela intenção de matar, e no caso de um médico causar um acidente e se evadir do local é muito grave.
Adriana 12/10/13 21:10
Lastimável saber que nossa saúde conta com profissionais como esses que além de péssimo médico é uma péssima pessoa. Como pode um profissional que deveria preservar a vida ter a intenção de tirá-las? até porque ao se dar o "luxo" de dirigir a 200 km/h só poderia ter a intenção de matar. Além de não atender as pessoas corretamente, pois nem uma agulha do dedo ele saber tirar, ainda provoca um acidente como esse....e como essa situação ficará? claro que todos sabemos que ele nao será preso e continuará cometendo seus erros...o pior que outro dia pode ser com a gente ou com nossa família....lastimávell
Tiago Ribeiro 12/10/13 21:10
Infelizmente mais um acidente triste em nossa região, mas temos que analisar o caso com cautela, afinal de contas o Camaro errado ao transitar a mais do limite permitido de 110km/h, porém o GOL ao ultrapassar o caminhao sinalizou com o seta corretamente??? oque mais vejo ai nesse trecho é isso, nego nao dá seta e entra, e agente que vem atraz embalado ( oque nao nao é o caso do camaro) tem que freiar bruscamente.

Sinto pelas vitimas e critico a posição do medido, porém analisem antes de criticar.

ROBERTO PEREIRA 12/10/13 18:10
TADINHO. ELE NÃO SABIA O QUE ESTAVA FAZENDO .
Enquete do dia
Você sofre com problemas de saúde durante o inverno?


Assine Já    |    Banca Digital    |    Expediente    |    Fale Conosco